twitter
RSS

Sedução nas Terras Altas - Michele Sinclair

>> segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009


Acho que a mocinha é bahiana, e não escocesa.... rs, bem ta bom, até pernambucana ela pode ser. Eita mulher retada. Ela é super delicada, mas apenas superficialmente, porque ela sabe manejar uma adaga como ninguém....caça... cuida do castelo... ela é multi-uso, mil e uma utilidades.

Bem...ja o mocinho...aff tapado..mandão, grosseirão... o bom é que ele a ama muito e por isso sempre zela pelo bem dela... Segue um trecho:

" Conor anuiu, confortado, e uma lágrima deslizou por sua face.
- Se eu a perder, MacInnes, eu morrerei. Não poderei continuar morando neste castelo sem Laurel para me amar, encorajar, atormentar ou tentar me dar ordens - Ele viu o espanto do padrinho. - Procuro ignorar as tentativas, mas aqueles olhos podem dobrar o mais empedernido dos homens. "


Resumo:


Escócia, 1307

Preso ao dever... Atraída pelo desejo


Conor McTiernay sempre sonhou com um amor verdadeiro. Porém, a realidade das mulheres que o desejavam somente pelo título e pela riqueza o levaram a descartar a idéia de casamento. Isso, até ele conhecer a inglesinha que seus homens encontraram escondida na floresta. As manchas de terra e fuligem não conseguiam ocultar a beleza de Laural Cordell... Mas seria ela apenas outra sedutora ardilosa, ou Conor finalmente encontrara a mulher de sua vida? Laurel confiou no chefe de clã escocês para protegê-la do homem cruel de quem ela fugira. Nos olhos prateados de Conor, ela vislumbrava a coragem de um guerreiro e o brilho da paixão. Mas antes que Laurel e Conor pudessem explorar o crescente desejo entre ambos, aquele amor recém-descoberto seria ameaçado por segredos do passado...

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL